Fazer doação é fazer o bem

Se você sempre pensa em como ajudar quem precisa ou busca motivos para estender suas mãos, saiba que por menor que seja o seu gesto, qualquer movimento que contribua para melhorar a vida de quem necessita é bem-vindo. Portanto, não se pergunte por que ajudar o próximo, mas como eu posso ajudar o próximo? E você pode começar hoje mesmo a fazer alguma coisa neste sentido. Pode ser doando seu tempo, os seus conhecimentos, um pouco de dinheiro, bens, trabalho, um pouco da sua comida ou mesmo do seu amor e atenção.

Reflita sobre como sua energia pode ser transformada em boas ações. Para que o sentimento de doação realmente faça parte da sua existência, é importante fazer o exercício diário do não julgamento, pois independente de os motivos das pessoas, é sempre essencial se lembrar de calçar os sapatos do outro, de honrar e respeitar sua história, pois cada um tem uma razão para precisar da nossa ajuda e, não cabe a nenhum de nós, julgar seus motivos. Neste sentido, eu gosto muito de uma frase que diz – “Ninguém é tão pobre que nada possa dar e ninguém é tão rico que não precise receber.” Pense no quanto a sua vida é abençoada e prospera, agradeça por suas conquistas, por não estar lhe faltando nada e ofereça um pouco do que tem para ajudar quem tem menos. Compartilhe sua abundância com o mundo.