Centro de Ação Social de Mogi Guaçu – CASMOÇU

O Casmoçu (Centro de Ação Social de Mogi Guaçu) é uma instituição sem fins lucrativos que atua na região de Mogi Guaçu, interior de São Paulo desenvolvendo ações prioritariamente às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação e/ou fragilização de vínculos afetivos-relacionais e de pertencimento social (discriminações etárias, étnicas, de gênero ou por deficiências dentre outras).

No ano de 1964, por motivação do Padre Longino Vastbinder, missionário holandês, surgiu o Casmoçu – cujo trabalho inicial era acolher pessoas de todas as idades, com assistência social, orientação sobre saúde e higiene e métodos de planejamento familiar.

Com a mudança das necessidades sociais da população, a instituição foi moldando-se para melhorar os benefícios oferecidos aos seus atendidos. O Casmoçu passou a oferecer cursos profissionalizantes, contratou seus primeiros funcionários e adquiriu sua primeira sede. Em 1966, por iniciativa do próprio fundador, o Casmoçu fundava a sua primeira creche, a Casa da Criança, que seria a precursora de uma de suas principais frentes de trabalho: a educação infantil. Atualmente a instituição conta com o trabalho de 94 funcionários distribuídos em cinco unidades e assiste 450 famílias em serviços de educação, orientação pedagógico-social, distribuição de alimentos e vestuários, oferecendo acolhida às necessidades emergentes e desenvolvimento social sustentável.

As ações do Casmoçu estão estruturadas em dois pólos fundamentais:

1) Atenção a famílias vulnerabilizadas pela pobreza através da disponibilização de serviços de complementação alimentar; orientação e encaminhamento para documentação; orientação, encaminhamento e acompanhamento à rede de serviços; e atividades que, de forma articulada, promovam a geração de renda e emprego.

2) Atenção a crianças provenientes de famílias de baixa renda, excluídas das políticas sociais básicas: educação, saúde, lazer, esporte e cultura, buscando a inserção no sistema educacional com atividades socioeducativas, apoio psicossocial e psicopedagógico.

 

Missão, Visão e Valores

Assim, o Casmoçu tem como missão contribuir para que a comunidade possa superar suas carências sociais por meio da educação, cultura e assistência, favorecendo a inclusão social da família e o desenvolvimento integral das crianças. Seu desejo é ser modelo de instituição que busca a formação plena de pessoas e que influencia o desenvolvimento social para a construção de uma sociedade igualitária e sustentável.

 

Sede do Casmoçu:

 

 

 

 

 

 

 

Projetos

O Casmoçu conta com diversos profissionais das diversas áreas que atuam na coordenação e acompanhamento e desenvolvimento de projetos sociais atendendo toda a população guaçuana.

Dentre eles podemos contar com os Projetos complementares aos programas de Transferência de Rendas; Projeto Programa Saúde e família; Projeto Centro Dia do Idoso e Projeto Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos, que oferece cursos de auxiliar de cabeleireiro, maquiagem, manicure, sobrancelhas, artesanato, informática, construção civil, montador de moveis, corte e costura, corte e costura sob medida e culinária.

Este Projeto tem como objetivo valorizar a família através de atividades de convivência social, comunitária e atividades de geração de renda, com vistas à inserção no mercado de trabalho formal e informal, complementando a renda familiar e melhorando a qualidade de vida.

Visa também na contribuição para o desenvolvimento da autonomia de sociabilidade de fortalecimento de vínculos sociais e familiares, prevenindo situações de vulnerabilidade e risco social.

 

Proposta Pedagógica

No âmbito educacional, o Casmoçu tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físico, social, psicológico e intelectual, complementando a ação da família e da comunidade.

Pedagogicamente o Casmoçu elabora propostas que respeitem as necessidades e particularidades das crianças de 0 a 3 anos e que também ampliem suas leituras de mundo e experiências socioculturais à provisão de suas necessidades básicas e à participação na cultura e na sociedade na qual estão inseridas.

Para execução desta proposta, são realizadas atividades socioeducativas que tenham interface com a ludo-educação (brincar) e com arte-educação (expressão artística, verbal, visual, corporal).

 

Diretoria

Presidente: Donizete João Contessoto

 

Diretores

Sr. Adalberto Sidney Haymash Falsetti

Sr. Luiz Geraldo Teixeira

Sr. Oscar Artigiani

Sr. Hélio Colombo Filho

Sra. Maria José Pinto Ferreira de Araújo

Sra. Mª do Carmo Praia de A. F. Darcádia

Sr. José Percebon e Família

 

Endereço: Rua Dr. Benedito Macário Mattos, 50 – Jd. Centenário

Telefone: (19) 3841-5439

E-mail: mcarmo_alves@yahoo.com.br

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

30 de outubro de 2017

Seis dicas para fidelizar doadores da sua base

“Manter os doadores na base é mais barato do que buscar novos.” A constatação é de Christofer Müller, gerente de marketing e captação de recursos da […]
26 de outubro de 2017

1º Passeio Ciclístico do Grupo Alegria

A doação foi recebida por três das entidades filiadas a FEAG: CAC, Creche Lar Menino Jesus e Casmoçu.
25 de setembro de 2017

Mensagem do Presidente

O mundo passa por um momento de grandes transformações, em todas as áreas do conhecimento, das relações entre grupos, povos e até nas famílias. Neste cenário, […]